Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Atividades > 17ª BDA INF SL ENCERRA OPERAÇÃO CASTANHEIRA I
Início do conteúdo da página

17ª BDA INF SL ENCERRA OPERAÇÃO CASTANHEIRA I

Acessos: 157

Porto Velho (RO) - No dia 1º de abril de 2022, a 17ª Brigada de Infantaria de Selva (17ª Bda Inf Sl) encerrou a Operação Castanheira I, a qual intensificou a presença do Exército Brasileiro na faixa de fronteira sob responsabilidade da 17ª Bda Inf Sl, nos Estados de Rondônia e Acre, combatendo os delitos transfronteiriços e ambientais ao longo de 3.680 Km de fronteiras.

A Operação Castanheira I contou com ações fluviais e terrestres nas regiões adjacentes ao Comando de Fronteira Acre / 4º Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron Ac / 4º BIS); Comando de Fronteira Rondônia / 6º Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron Ro / 6º BIS); e Comando de Fronteira Juruá / 61º Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron Juruá / 61º BIS).

Foi empregado um efetivo de aproximadamente 420 homens, além de 12 embarcações, 40 viaturas do Exército e 01 aeronave da PRF. A atuação em ambiente interagências ocorreu com o máximo de integração com Instituições Federais, Estaduais e Órgãos de Segurança Pública e Fiscalização (OSPF) dos Estados de Rondônia e do Acre, dentre os quais podemos citar: Polícia Federal (PF); Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar (PM) dos estados do AC e de RO; Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (SEDAM) de Rondônia, Polícia Militar Ambiental do Estado de Rondônia (PMA/RO), FUNAI, IBAMA e ICMBIO.

Dentre as ações realizadas destacam-se: Postos de Bloqueio e Controle de Estradas (PBCE), Postos de Bloqueio e Controle de Vias Urbanas (PBCVU), Postos de Bloqueio e Controle Fluviais (PBCFlu) e Patrulhas Motorizadas (Pa Mtz). Também foram feitas inspeções em embarcações, vistoria em veículos leves, motos, caminhões, ônibus, vans e revistas em pedestres e ciclistas. Foram realizadas as seguintes apreensões: 4 dragas, 5 animais silvestres, 1 motosserra, 28,2 gramas de ouro, 3 geradores, 10,24 m³ de madeira, além da aplicação de 2 multas.

Ao final da missão, as ações desenvolvidas pela Brigada Príncipe da Beira contribuíram para a manutenção do ambiente seguro e estável e a redução dos delitos transfronteiriços e ambientais. Foram consolidados os laços de amizade e confiança entre a Força Terrestre, Órgãos de Segurança Pública, Agências Ambientais e a população local. Os preceitos constitucionais foram respeitados pelas tropas, conservando o apoio da opinião pública às ações e o fortalecimento da imagem do Exército Brasileiro.

O seu Exército nunca para! Selva!

Fonte: Comunicação Social / 17ª Bda Inf Sl

01

02

03

04 capa

05

06

07

08

Fim do conteúdo da página